ECONOMIA

CNI reduz projeção de crescimento do PIB para 2% em 2013



A Confederação Nacional da Indústria (CNI) reduziu nesta quinta-feira (4) a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil de 3,2%, feita em março deste ano, para 2%.

A estimativa da entidade está abaixo da previsão de crescimento da economia feita pelo mercado financeiro na semana passada (2,4%) e também pelo Banco Central (2,7%) para 2013. Em 2012, o PIB brasileiro cresceu 0,9%. Para a CNI, a economia brasileira encontra dificuldades para superar o baixo crescimento.

Sobre o crescimento do PIB industrial, a CNI baixou sua expectativa de expansão, para este ano, de 2,6% para 1%. Em 2012, o Produto Interno Bruto da indústria registrou retração de 0,8% e, em 2011, teve alta de 1,6%.

"Os últimos dados, principalmente de maio da produção industrial, não sedimentam uma visão mais otimista para o setor industrial. Eles não confirmam uma tendência de recuperação. É uma tendência bem mais moderada do que se imaginava. O consumo também não tem reagido favoravelmente e o ciclo de alta dos juros vai impactar expectativas, a predisposição para investimentos, e os custos de financiamento", avaliou o chefe da Unidade de Política Econômica da CNI, Flavio Castelo Branco.

Fonte: G1
Foto: brasilbusinessreview.com

Postagens mais visitadas