ECONOMIA

Twitter envia documentos para começar a vender ações na Bolsa



O Twitter enviou documentos à xerife do mercado financeiro dos Estados Unidos, a SEC (equivalente à CVM brasileira) para começar a vender ações na Bolsa.

A informação foi tuitada pela própria empresa nesta quinta-feira (12). “Nós havíamos confidencialmente submetido um S-1 à SEC para um planejado IPO. Esses tuíte não constitui uma oferta de qualquer valor imobiliário à venda”, escreveu a empresa.

O diretor de receitas globais do microblog, Adan Bain, disse que o Brasil é um dos três maiores mercados para a companhia. Em número de usuários, o Brasil é o segundo país com mais usuários, com 41,2 milhões de usuários, segundo pesquisa da consultoria Semiocast de julho deste ano.

O Brasil é peça chave na estratégia também na estratégia de outra rede social. O país é o segundo com mais usuários que entram diariamente no Facebook.

Expectativa
A abertura de capital do Twitter é a mais aguardada do mundo digital desde que o Facebook se tornou uma empresa aberta em maio de 2012. Na época, a rede social arrecadou US$ 16 bilhões e teve valor de mercado fixado em US$ 104 bilhões, quando suas ações foram vendidas a US$ 38.

O site de Mark Zuckerberg passou por um período de baixa, chegou a ter suas ações vendidas até por metade do valor inicial e somente em julho de 2013 voltou ao patamar inicial. Nesta quarta-feira (11), porém, os papéis do site atingiram um valor recorde, de US$ 45.

Fonte: G1
Foto: Reprodução

Postagens mais visitadas