ECONOMIA

Cade investiga Google por supostas práticas anticompetitivas no Brasil



O Google está sendo investigado no Brasil por suspeita de práticas anticompetitivas no mercado de buscas online no país. Foram abertos três processos administrativos pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), segundo publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (11).

O Google informou, em nota, que vai "trabalhar com o Cade para endereçar todas as suas dúvidas e preocupações".

A investigação partiu de denúncias apresentadas pela E-Commerce Media Group, dona dos sites Buscapé e Bondfaro, e pela Microsoft, controladora do site de buscas Bing.

Segundo a denúncia, o Google estaria privilegiando seus próprios sites em suas páginas de buscas, como o Google Shopping. A análise do Cade também vai avaliar se o Google está adotando "mecanismos" para confundir o usuário na identificação dos resultados retornados em pesquisas.

A E-Commerce alega que o Google Search permite a veiculação de anúncios com foto pelo Google Shopping, mas não por sites concorrentes de comparação de preços.

Já a Microsoft, que detém o buscador Bing, afirmou em sua reclamação ao Cade que o contrato de prestação de serviços do Google AdWords contém restrições anticompetitivas.

Com a instauração dos processos, o Google será notificado para apresentar defesa.

Fonte: UOL Notícia/ Economia
Foto: Reprodução/ Internet

Postagens mais visitadas