ECONOMIA

Dívida e geração de caixa da Petrobras preocupam mercado



Dívidas e uma incerteza sobre geração de caixa alimentam o ceticismo do mercado sobre os fundamentos da Petrobras para levar adiante a tarefa hercúlea de explorar a maior bacia petrolífera do país, o campo de Libra.

Empresa mais endividada do mundo, segundo um relatório do Bank of America, a Petrobras saiu "aliviada" do leilão, consideram analistas. O governo tachou a concessão de um "sucesso".

Mas os desafios no médio e no longo prazo permanecem. Com um volume recuperável (o óleo disponível) estimado em 8 a 12 bilhões de barris, Libra deve requerer investimentos da ordem de US$ 80 bilhões nos dez primeiros anos, segundo estimativas de mercado.

Ao longo dos 35 anos de contrato, calcula-se que Libra necessite de cerca de US$ 200 bilhões em investimentos.

Mas se a estatal trabalhar com estimativas semelhantes, isso significa que lhe caberia desembolsar US$ 32 bilhões só na próxima década (proporcionais à sua participação de 40% no consórcio vencedor). Além disso, a empresa terá de pagar à União R$ 6 bilhões referentes ao bônus de assinatura do contrato.

Fonte: BBC Brasil
Foto: Reprodução

Postagens mais visitadas