ECONOMIA

Haddad prevê arrecadar com IPTU 72% mais até o ano de 2017



O plano original do prefeito Fernando Haddad (PT) prevê que a arrecadação do IPTU na cidade de São Paulo aumente 72% até 2017 - primeiro ano da próxima gestão.

Isso significaria uma elevação da receita anual da prefeitura próxima de R$ 4 bilhões daqui a quatro anos. Essa previsão é nominal, sem descontar a inflação, e se deve ao reajuste do IPTU previsto para 2014 e às parcelas extras cobradas nos dois anos seguintes de imóveis que tiveram grande valorização.

Mas ela ainda pode sofrer mudanças devido às negociações com os vereadores.

As projeções de crescimento da receita do IPTU estão no PPA (Plano Plurianual), projeto encaminhado por Haddad à Câmara em setembro. O PPA é uma espécie de planejamento de longo prazo renovado pelos governos a cada quatro anos.

Para este ano, a expectativa é de uma receita de IPTU R$ 5,5 bilhões. Ela subiria para R$ 6,8 bilhões no ano que vem. Até que, em 2017, os paulistanos desembolsariam R$ 9,46 bilhões.

O prefeito já declarou que parte da receita extra deve ser usada para manter a tarifa de ônibus congelada em R$ 3 depois dos protestos de junho.

Fonte: Folha de S.Paulo
Gráfico: Editoria de arte/Folhapress/ Folha de S.Paulo

Postagens mais visitadas