ECONOMIA

Dívida pública federal passa de R$ 2 tri em outubro e bate recorde



A Dívida Pública Federal (DPF) subiu 1,69% em outubro ante setembro e fechou o mês em R$ 2,022 trilhões. Foi o maior valor da série histórica iniciada em 2006, informou o Tesouro Nacional nesta segunda-feira (25). É a primeira vez que o montante passa de R$ 2 trilhões desde dezembro do ano passado.

A dívida pública mobiliária --em títulos públicos-- interna subiu 1,91%, passando de R$ 1,897 trilhão em setembro para R$ 1,933 trilhão em outubro. Isso ocorreu porque, no mês passado, o Tesouro emitiu R$ 18,62 bilhões em títulos a mais do que resgatou. Além disso, reconheceu R$ 17,53 bilhões em juros. O reconhecimento ocorre porque a correção que o Tesouro se compromete a pagar aos investidores é incorporada gradualmente ao valor devido.

A DPF inclui débitos externos e internos. A dívida pública mobiliária interna refere-se a débitos no país.

A dívida de um governo ocorre por meio de contratos ou venda de títulos. Em qualquer caso, é contraída para obter dinheiro para obras ou para pagar outras dívidas.

Fonte: UOL Economia
Foto: Reprodução

Postagens mais visitadas