ECONOMIA

FMI prevê América Latina com meses de turbulência à frente



Diante de um cenário de volatilidade entre os mercados emergentes, o FMI (Fundo Monetário Internacional) prevê um período de "turbulência" para a América Latina nos próximos meses.

Apesar da estimativa de uma pequena aceleração no crescimento na região, de 2,6% em 2013 para 3% em 2014, o fundo afirma que os investidores podem começar a abandonar os mercados mais vulneráveis se eles não se protegerem a tempo.

O primeiro risco para a região é a decisão do Fed (banco central americano), anunciada anteontem, de seguir cortando seu programa de estímulos em razão de um avanço da economia americana.

Outro risco seria a queda na demanda por matéria-prima desses países, considerando, especialmente, a suave desaceleração da China, seu grande importador.

Para Werner, o Brasil não está imune à volatilidade dos demais emergentes, mas suas perspectivas dependerão mais das "condições internas", como a recuperação do crescimento a médio prazo.

Fonte: Folha de S.Paulo
Foto: Reprodução

Postagens mais visitadas