Economia: Balneário Camboriú, SC terá o maior prédio da América do Sul

Balneário Camboriú, SC terá o maior prédio da América do Sul

Balneário Camboriú "Infinity Coast" 2016

A cidade mais verticalizada de Santa Catarina também está prestes a se transformar no maior polo de arranha-céus do Brasil. Com seus 46 km², Balneário Camboriú, a menor cidade catarinense em extensão e a maior em densidade demográfica (2.350 habitantes por km²), terá o mais alto edifício residencial da América do Sul. Uma combinação de residencial e apart-hotel, que esta sendo construído na Barra Sul, próximo do teleférico.

O edifício terá 66 andares e 240 metros, superando o Titanium La Portada, de Santiago do Chile, com 52 andares e 194 metros.

Em Balneário Camboriú, cidade apenas 120 mil habitantes, a guerra é para ver quem consegue subir mais. Na fila de obras da FG Empreendimentos há um edifício de 70 pavimentos, que vai concorrer com um prédio com potencial para ultrapassar 80 andares, previsto para ser lançado em 2015 pela Embraed, outra construtora local. "O que existe de mais caro numa construção são os terrenos. Para fazer valer o investimento, tentamos elevar os prédios tanto quanto possível", diz Adriana Amorim, diretora da Embraed.

Veja tabela: Os 10 maiores edifícios em construção no Brasil:



O primeiro arranha-céu construído no Brasil foi o Edifício Martinelli, em São Paulo, com seus 105 metros de altura e 30 pavimentos, foi entre 1934 e 1947 o maior arranha-céu do país.

Atualmente, o líder da lista e o edifício Mirante do Vale em São Paulo SP, com 170 metros de altura.

Fonte: Bruna Aramede da redação OpenBrasil.org
Página anterior Próxima página