Economia: Governo barra importações ilegais de calçados, lápis e cadeados

Governo barra importações ilegais de calçados, lápis e cadeados




O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) informou nesta sexta-feira (13) que foram encerradas três investigações que apuraram "falsa declaração de origem" nas importações de calçados, lápis de madeira, e cadeados de empresas malaias e taiwanesas. Com isso, essas compras do exterior foram consideradas ilegais e passam a ser barradas.

Segundo o governo, o Departamento de Negociações Internacionais da Secretaria de Comércio Exterior realiza, desde 2011, análise de risco dos pedidos de licenciamento de importação de lápis de madeira e calçados, "com a finalidade de investigar as tentativas de falsa declaração de origem para burlar o direito antidumping aplicado nas importações da China desses produtos". No caso de cadeados, o monitoramento começou em 2013.

"As três investigações concluíram que os produtos não são originários dos países mencionados, já que não foram fornecidos elementos essenciais pelas empresas declaradas como produtoras e exportadoras", informou o governo brasileiro.

Fonte: G1
Foto: Google imagens
Página anterior Próxima página