ECONOMIA

Eike Batista renuncia à presidência do Conselho da Óleo e Gás



A petroleira Óleo e Gás Participações, antiga OGX, divulgou no fim da terça-feira (27) a renúncia do empresário Eike Batista aos cargos de presidente e membro do Conselho de Administração da companhia.

Em fato relevante, a empresa afirmou que a renúncia ocorre após "cumprimento exitoso das principais etapas do plano de reestruturação da companhia e sua subsidiária OGX Petróleo e Gás - em recuperação judicial".

Em outubro do ano passado, Eike Batista deixou de ser o principal acionista da antiga OGX. Dando continuidade ao processo de recuperação judicial da companhia, o ex-bilionário entregou o controle da empresa aos credores para se livrar de uma dívida de R$ 13,8 bilhões. A ação já estava prevista no plano de recuperação judicial apresentado pela empresa à Justiça em fevereiro de 2013.

Esse não foi o primeiro negócio do qual Eike Batista abriu mão. No dia 8 de janeiro, a IMX, holding de negócios nos setores de esportes e entretenimento, anunciou que a Mubadala Development Company, empresa de investimento e desenvolvimento de Abu Dhabi, adquiriu a participação que o Grupo EBX detinha na companhia e se tornou o novo acionista majoritário.

O fundo Mubadala era um dos principais credores de Eike e já tinha adquirido participação em projetos de mineração, mineração e petróleo do grupo EBX, e detém atualmente fatias do capital da Prumo e no Porto Sudeste, principal ativo da MMX.

Fonte: G1
Foto: A/D

Postagens mais visitadas