ECONOMIA

Dólar opera em alta após queda com rumor sobre saída de Graça



O dólar opera em alta nesta quarta-feira (4), após ter fechado em queda na véspera, quebrando uma sequência de quatro altas que havia levado a divisa a um patamar acima de R$ 2,70. O mercado segue atento a mudança na diretoria da Petrobras e esperanças de um acordo que resolva a crise da dívida da Grécia.

Às 9h24, a moeda norte-americana avançava 0,17%, cotada a R$ 2,6985.

Na véspera, o dólar caiu 0,78%, cotada a R$ 2,6940. Um dos fatores que puxou a queda foi a repercussão de notícias de que a presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, poderia deixar o cargo e acompanhando a queda da divisa norte-americana no exterior.

Mais cedo, o banco central da China cortou a taxa de compulsório dos bancos para estimular o crescimento econômico, injetando mais liquidez na segunda maior economia do mundo.

Na sexta-feira, o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, sugeriu que não há intenção do governo de manter o real valorizado artificialmente. O mercado entendeu a fala como um sinal de que a atuação do BC no câmbio poderia diminuir no curto prazo, reduzindo a oferta de dólares no mercado.

Mais tarde, no mesmo dia, a assessoria de imprensa do ministro afirmou que a declaração se referia ao câmbio no mundo, mas não foi suficiente para mitigar de forma significativa a alta do dólar e as preocupações com a redução das intervenções do BC.

Fonte: G1
Foto: Divulgação

Postagens mais visitadas