ECONOMIA

Contas do governo têm pior resultado para fevereiro em 19 anos



As contas do governo registraram em fevereiro o pior resultado para este mês desde o início da série histórica, em 1997. Segundo números divulgados nesta terça-feira (31) pela Secretaria do Tesouro Nacional, foi registrado um déficit primário (receitas menos despesas, sem contar os juros) de R$ 7,35 bilhões no mês passado.

Em fevereiro do ano passado, ainda segundo números oficiais, as contas do governo registraram um déficit primário de R$ 3,11 bilhões. Até então, o pior resultado para o segundo mês do ano havia sido registrado em 2013 - quando as contas ficaram no vermelho em R$ 6,61 bilhões, de acordo com dados do Tesouro Nacional.

O resultado das contas públicas tem sido influenciado pelo fraco comportamento da arrecadação, que se ressente de um baixo nível de atividade econômica. Em fevereiro deste ano, a arrecadação registrou uma alta real (acima da inflação) de 0,49%, para R$ 89,9 bilhões. Foi o primeiro crescimento real desde setembro do ano passado, que só aconteceu por conta do ingresso de receitas extraordinárias da ordem de R$ 4,64 bilhões.

Pior primeiro bimestre em seis anos
No acumulado dos dois primeiros meses deste ano, informou o governo federal, as contas do governo registraram um superávit primário - a economia para pagar juros da dívida pública e tentar manter sua trajetória de queda - de R$ 3,09 bilhões.
Apesar de o resultado ser positivo, foi o menor valor, para este período, em seis anos, ou seja, desde 2009. Naquele ano, foi registrado um superávit primário de R$ 2,86 bilhões.

Em 2009, o governo optou por diminuir o esforço fiscal para gastar mais e, assim, tentar combater os efeitos da crise financeira internacional - que foi "inaugurada" em setembro de 2008 com o anúncio de concordata do banco norte-americano Lehman Brothers.

Fonte: G1
Foto: A/D

Postagens mais visitadas