ECONOMIA

Telefônica Vivo lidera ranking de reclamação no Procon-SP em 2014



O grupo Telefônica Vivo liderou o ranking de empresas que mais geraram reclamações de consumidores no estado de São Paulo em 2014, segundo balanço divulgado nesta terça-feira (24) pela Fundação Procon de São Paulo, órgão vinculado à Secretaria Estadual da Justiça e Defesa da Cidadania. Em seguida vêm o Grupo Claro/Net/Embratel (América Móvil), Grupo Lenovo CCE, Itaú Unibanco e Oi.

Os dados fazem parte do Cadastro de Reclamações Fundamentadas, divulgado anualmente pelo Procon paulista. O ranking lista as empresas ou grupos empresariais que geraram maior número de reclamações fundamentadas – isto é, maior número de casos nos quais as demandas dos consumidores não foram solucionadas na etapa inicial dos atendimentos e, portanto, foram transformadas em processos administrativos.

Em 2014, 942.511 consumidores recorreram aos Procons integrados ao sistema, registrando os atendimentos entre consultas, orientações, atendimentos preliminares, CIPs e reclamações.

Foram emitidas 282.852 Cartas de Informações Preliminares (CIPs). As 63.135 demandas que não foram solucionadas por meio dos procedimentos preliminares seguiram para uma segunda etapa, integrando o Cadastro Estadual de Reclamações Fundamentadas.

Segundo o Procon-SP, do total de 63.135 reclamações fundamentadas, 52% foram atendidas, gerando um índice total de resolutividade no ano de 89%, menor que o de 2013, que foi de 91,67%.

Veja a lista das 10 empresas com mais reclamações em 2014:

1º - Telefônica/Vivo, com 4.482 reclamações fundamentadas: 2.801 atendidas e 1.681 não atendidas
2º - Claro/NET/Embratel (América Móvil), com 3.749 reclamações fundamentadas: 3.070 atendidas e 679 não atendidas
3º- Lenovo CCE, com 2.465 reclamações fundamentadas: 2.035 atendidas e 430 não atendidas
4º - Itaú Unibanco, com 2.082 reclamações fundamentadas: 881 atendidas e 1.201 não atendidas
5º - Oi, com 1.911 reclamações fundamentadas: 1.167 atendidas e 744 não atendidas
6º - Bradesco, com 1.893 reclamações fundamentadas
7º - Pão de Açúcar /Extra/Ponto Frio.com/Casasbahia.com/Casas Bahia e Ponto Frio, com 1.402 reclamações fundamentadas: 1.019 atendidas e 383 não atendidas
8º - Tim Celular, com 1.397 reclamações fundamentadas: 1.029 atendidas e 368 não atendidas
9º - Sky, com 1.367 reclamações fundamentadas: 1.013 atendidas e 354 não atendidas
10º - Caixa Econômica Federal, com 1.028 reclamações fundamentadas: 399 atendidas e 629 não atendidas

Fonte: G1
Foto: Divulgação

Postagens mais visitadas