Economia: Dólar opera em baixa após abertura de processo de impeachment

Dólar opera em baixa após abertura de processo de impeachment



O dólar recuava abaixo de R$ 3,80 nesta quinta-feira (3), com investidores recebendo bem a abertura de processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, mas ainda ponderando as implicações da decisão para a economia brasileira e os mercados financeiros.

Às 11h29, a moeda norte-americana caía 1,06%, a R$ 3,7945 para venda.

Veja a cotação ao longo do dia:
Às 9h10, caía 0,44%, a R$ 3,8186.
Às 9h49, caía 0,33%, a R$ 3,8225.
Às 10h29, caía 0,21%, a R$ 3,8272.
Às 10h49, caía 0,74%, a R$ 3,8069.
Às 11h, caía 0,98%, a R$ 3,7979.
Às 11h10, caía 1,22%, a R$ 3,7887.

Também contribuía para a queda da moeda norte-americana a redução dos juros do Banco Central Europeu (BCE) nesta manhã, que aumenta a atratividade de investimentos em mercados emergentes.

"A (eventual) saída de Dilma é vista como positiva e representa mudanças. Entretanto, temos que lembrar que o processo é longo e incerto, fragiliza ainda mais o já combalido governo do PT e coloca o país mais perto de perder o seu segundo grau de investimento", disse o operador da corretora SLW João Paulo de Gracia Correa.

No fim da quarta-feira, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), aceitou o pedido de abertura de processo de impeachment contra Dilma elaborado pelos juristas Hélio Bicudo, Miguel Reale Jr. e Janaína Paschoal com apoio da oposição. O processo ainda precisa tramitar por diversas etapas antes de resultar em uma votação final que decida o futuro da presidente.

Na véspera, o dólar fechou em queda de 0,5%, a R$ 3,8355. Na semana e no mês, o dólar acumula alta de 0,32% e queda de 1,31%, respectivamente. No ano, há valorização de 44,26%.

Fonte: G1
Foto: Divulgação
Página anterior Próxima página